Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/02/20 às 10h05 - Atualizado em 12/02/20 às 10h05

Frutas e verduras ficaram mais baratas em janeiro

O preço das frutas teve redução média de 2,42%no mês de janeiro, segundo o Índice Ceasa-DF. O limão se destacou com redução no preço de 35%, seguido pelo abacate e a melancia que ficaram 29% e 26% mais baratos, respectivamente. A redução no preço dessas frutas ocorreu devido ao período de safra. Na média geral, os hortifrutigranjeiros apresentaram um aumento nos preços de 2,55%, comparado ao mês de dezembro de 2019.
 
As verduras tiveram redução média de 0,60% do valor, impulsionadas pelo brócolis (-16%) e alface americana (-6%), devido a baixa na demanda. Além disso, o preço no setor de ovos e grãos apresentou redução média de 9%, sendo que o ovo branco (-12%) e ovo vermelho (-10%) também apresentaram queda pela menor demanda no mês. 
 
Entre os legumes a alta de preços foi de 18,85% na média geral, com destaque para o pepino (120,59%), beterraba (58,48%), tomate (37,22%) e batata lisa (28,82%). O principal motivo para a alta dos preços foi o aumento das chuvas nos campos de produção, aliada ao aumento aos custos de fretes. 
 
As tendências para o próximo mês
 
Tendem a ficarem mais caros em fevereiro as folhagens, pepino, chuchu e tomate, devido a diminuição na oferta de produtos; a batata lisa e a cenoura, por conta do alto preço dos fretes; assim como o mamão hawai e formosa pela queda da produção prevista para o mês. Outro produto que terá alta são os ovos, devido ao aumento da demanda e ao período da quaresma, que ocorre no final de fevereiro.
 
O Índice Ceasa do Distrito Federal 
 
O ICDF visa demonstrar o movimento dos preços praticados pelo mercado atacadista no Distrito Federal, refletindo a real situação de mercado dos principais produtos comercializados no entreposto de Brasília/DF. Sendo a Ceasa a única fonte atual de Informação de Mercado do Distrito Federal.
 
O ICDF acompanha 66 itens de hortifrutigranjeiros, e a escolha dos produtos foi baseada na importância dentro da alimentação do brasileiro, e também na relevância da quantidade comercializada na CEASA-DF.
 
O Índice é apresentado mensalmente na Codeplan e tem como público-alvo tanto os produtores, quanto os consumidores. ”O ICDF é um importante equipamento de diminuição da assimetria de informações, ou seja, quando publicado ele gera uma compreensão de mercado tanto para o produtor, que consegue realizar, a partir das informações um planejamento para sua produção, quanto para o consumidor, que passa a ser mais consciente do que comprar naquele mês, baseado nas informações do índice”, afirmam Marcos Franco, Gerente de Controle e Estudo de Mercado da Ceasa-DF e João Bosco, Chefe da Seção de Controle de Portaria e Estatística da Ceasa-DF, responsáveis pela apresentação do Índice.

Centrais de Abastecimento do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

Sia Trecho 10 Lote 5 - CEP: 71.200-100 Telefone: (61) 3363-1203 | E-mail ceasa@ceasa.df.gov.br